Finalizando o pré-operatório

Desta vez serei rápida e objetiva para ir direto ao ponto que pode interessar a alguém: meus últimos passos antes da retirada total da tireoide.

Após dar entrada no pedido de autorização da tireoidectomia, segui as instruções do Dr. Augusto e fui em busca de um(a) pneumologista. Tenho asma e há uns bons anos estava com a medicação desatualizada e me entupindo de Berotec, que causa taquicardia, tremedeira e não previne as crises, só apaga o incêndio.

Tem asma, mesmo que controlada, e vai fazer cirurgia? Visite o pneumologista!

Era necessária a avaliação de um especialista. Aliás, não apenas a avaliação, mas um relatório médico do “ponto de vista pulmonar” e uma autorização para o procedimento . O motivo de tanta preocupação? Vou responder com um trecho que retirei do site Asma Brônquica:

“[…] No paciente asmático não é diferente, e apesar dos avanços no seu tratamento permitirem a administração segura de qualquer um dos tipos anestesia, a asma influencia a morbidade e mortalidade operatórias, estando os pacientes com asma brônquica malcontrolada mais propensos a complicações pulmonares no pós-operatório.”

Ou seja: quem tem **, tem medo! =O

Ou seja 2: Negligenciar esse aspecto merece um selo. Não faça isso!

ehcilada

Para não cair numa cilada (Bino..dãaa), encontrei uma ótima pneumologista, a Dra. Manoela Trindade Fontes. Ela solicitou uma espirometria e me fez algumas recomendações que não vou falar pq não quero ninguém se automedicando por aí. ;)

Em seguida, foi a vez de fazer a “entrevista” e tirar dúvidas com o anestesista. Pro post não ficar imenso, recomendo aos interessados a leitura desta matéria (cliquem AQUI), que traz as respostas para as 10 dúvidas mais comuns sobre anestesia geral.

E hoje, dia 13, fui ao consultório do Dr. Augusto Mendes mais uma vez para pegar as recomendações necessárias e liquidar todas as minhas inquietações (“vai fazer esvaziamento cervical?”, “o que fazer com minha cicatrização hipertrófica?”, “posso ir pra balada no sábado?”). O procedimento está marcado para o dia 15, às 15h, e são necessárias 12 horas de jejum. Além disso, só posso beber água (leite nem pensar!) até 09h da manhã de quinta-feira. Vai ser difícil segurar a larica…

Anúncios

Médicos em Salvador e o Selo Savana de Qualidade

medica

Quantas vezes você já trocou de médico pelos mais diversos motivos? Vou listar alguns: o “santo não bate”, o atendimento atrasa, a agenda é apertada, ele(a) não dá a devida importância aos seus sintomas, não passa segurança…

Longe de mim querer tacar pedras na galere, mas a questão é que as consultas, cada vez mais, se assemelham a 10 minutos de interrogatório, finalizado com um sonoro barulho de carimbo na prescrição e o quase audível chamado do “próooximooo”. Burocrático demais, humano de menos. É difícil encontrar um profissional que tire os olhos do computador/teclado e passe alguns minutos ouvindo e conversando com o paciente.

Aos que estão do outro lado da mesa, resta a peregrinação – e uma boa dose de sorte – na hora de montar a própria “equipe”. No geral, tenho me saído bem na missão e trago aqui algumas indicações de médicos em Salvador que carregam o Selo Savana de Qualidade.

Selo Savana de Qualidade

Ainda não fiz a cirurgia, portanto, talvez a lista seja atualizada. Por enquanto, recomendo os seguintes (ao clicar no link, você será redirecionado para a minha opinião sobre cada serviço):

Ginecologista – Ana Maria Lago Bahiense – Gineprev
Endocrinologista – Patrícia Viterbo – Clínica Humana
Alergologista – Gabriela Castro – Alergodermo Clin
Pneumologista – Manoela Trindade Fontes – CEPS
Cirurgião de cabeça e pescoço – Dr. Augusto Mendes

[Bônus] – listinha de lugares onde fiz meus exames e aprovei o atendimento:
PAAF – Clínica AFAC – Álvaro Silva
Laboratórios – Labchecap; Laboratório Sabin
Diagnóstico por imagem – CAM – Clínica de Assistência à Mulher; Delfin Imagem
C
línica MM – Consultório do Dr. Augusto Mendes – (71) 3247-3436 – Ainda vou escrever uma opinião sobre. =)