Tireoidectomia – Janeiro

Foram uns quatro ou cinco meses para atingir a marca de cinco mil views. Em compensação, 2014 chegou chutando a porta e só no mês de janeiro já foram mais de três mil visualizações do blog. :)

Juro “pujesui” que não sou eu dando F5 o dia todo! Hehehehe!

Por causa dessas visitas oriundas, principalmente, da busca do Google, resolvi dar uma olhada nos termos mais pesquisados durante o mês e vou responder, sempre nos dias 28, 29 ou 30, as dúvidas mais pertinentes dos (uau!) leitores. Claro, vou falar sobre o que está ao meu alcance, sem me adentrar nas dúvidas estilo ~consultório virtual~ para não acabar invadindo um campo desconhecido.

Em negrito, os termos tal qual foram digitados no Google e trazidos pra cá.

Vamos lá?

Lenço e tireoidectomia – a dupla infalível e imbatível… para quem mora em lugares frios! Em Salvador, onde a média anual se aproxima de “mármore do inferno“, é impossível. Como solução: micropore, protetor solar ou fita de silicone (Mepiform, de preferência).

Sem espaço para lenços!

Sem espaço para lenços!

Quem tem câncer de tireoide pode receber auxilio doença – Pode sim. É difícil, mas eu recebi após a 3ª perícia. Na primeira, disseram que a doença não era incapacitante. Na segunda, disseram que eu estava ótima (ainda não tinha operado) e, na terceira, cinco dias após a cirurgia e ainda com os pontos no local, não tiveram como negar.

Alimentação pós tireoidectomia – Normal. Apenas foi recomendado dar um reforço no leite, iogurte e queijo, ou seja: tudo que é rico em cálcio. Dizem para evitar camarão, peru e presunto pois são conhecidos por dificultar a cicatrização, no entanto, no pós-operatório não me falaram nada sobre eles. De qualquer forma, passei longe por umas semanas.

Tireoidectomia faz cair o cabelo – a cirurgia em si, não. A anestesia e o período que passamos em hipotireoidismo, sim. Calma, molier! O cabelo não cai 100%! Em situações normais, é comum perder cerca de 100~150 fios por dia, no entanto, com esses dois fatores, esse volume fica acentuado. Minha experiência: com quatro meses de cirurgia e dois de Puran T4, os tufos começaram a sair a cada lavagem ou passada de mão. Posso dizer sem exageros que perdi uns 30% do cabelo. O que eu fiz? Vitaminas A, E e D, além da temida Vitamina T, mais conhecida como TESOURA. Cortei na altura do pescoço.

Frio apos tireoidectomia e normal? – Sim. Sou super calorenta e, ainda assim, passei um período dormindo com meia, lençol e manta de microfibra. Quando os hormônios começarem a entrar nos eixos, o frio excessivo passa.

Que sabor tem o liquido de iodo para fazer o exame de cintilografia – Sabor, cor e cheiro de água, ou seja: nada.

Hospitais na Bahia que fazem cintilografia da tireoide – Que eu conheço: São Rafael e Clínica Gamma, no Hospital da Bahia. A Diagnoson também faz.

Inchaço no corpo todo após cirurgia tireoidectomia – Cerca de 18 dias após a tireoidectomia e sem tomar nenhum hormônio, comecei a me sentir inchada. A cada dia, ia piorando e ficava muito evidente no rosto… é como ter o dia inteiro aquela cara de quem acabou de acordar. É mais um sintoma chato do hipotireoidismo que, ainda bem, vai para o espaço algumas semanas depois de começar a tomar o hormônio.

Como emagrecer depois da tireoidectomia – Aháaaaaaa, amyga! Sabe onde você vai encontrar essa resposta? Em um pote de ouro no fim do arco-íris.

Ele também não consegue emagrecer...

Ele também não consegue emagrecer…

Nunca vi, nem comi ouvi, eu só ouço falar. Após a cirurgia, engordei quase quatro quilos e tá difícil, viu! Tenho feito dieta, exercícios e o ponteiro simplesmente se recusa a descer. Relatei isso na última consulta com a endocrinologista, mas, por enquanto, vamos apenas acompanhar a evolução (ou não!), de preferência para baixo. Se você descobrir a fórmula mágica, favor avisar! :)

Anúncios