Queda de cabelo após tireoidectomia

Há tempos planejo um post sobre o assunto, mas só hoje tive a inspiração para falar sobre o tema, após ver esta figura postada no grupo Amigas da Tireóide.

Imagem

Uns jogam a culpa na iodoterapia. Outros responsabilizam a anestesia geral e tem o time que aposta no hipotireoidismo. Não sei quem está certo (ou se todos estão com a razão), mas sei que o resultado é bem esse aí: tufos e mais tufos de cabelo saindo na escova, no pente, no banho ou em uma simples passada de mão. No meu caso, além da queda de uns 30% a 40% do cabelo, tive um ressecamento intenso. As madeixas ficaram porosas, sem brilho e sem forma, cheias de frizz.

A irritação com o aspecto cabelístico era tanta, que a vontade era fazer isso:

Imagem

Mas aí o problema ia se agravar, né? Hehehe. Para resolver isso, foram receitadas vitaminas A, D e E.

O pesadelo só melhorou com sessões de cauterização Senscience e reconstrução Joico feitas no salão. Parece jabá, mas não é, no entanto, se as marcas quiserem me presentear, tô às ordens. :)  #caradepau

O que tenho feito? Cronograma capilar. Já ouviu falar? Que bom! Não sabe o que é? Então senta aí que vou explicar em linhas gerais.

O Cronograma Capilar (ou CC) é um tratamento intenso e, principalmente, regular, que busca promover a recuperação dos fios. Destaquei o regular pq é preciso ser disciplinada e ter paciência para ver os resultados.

Sabe aquelas hidratações que vc compra no mercado ou em lojas de beleza e faz em casa? É isso aí, só que ao invés de pegar uma máscara qualquer e tacar na cabeça a cada 15 dias, você vai alternar o uso de três tipos de tratamento em intervalos (BEM) menores. Já que você está aqui, vou trazer o assunto de maneira resumida, mas dá para obter muitas informações sobre o assunto em um grupo no facebook. Busque “Cronograma Capilar” e solicite a inclusão no fórum.

Voltando ao assunto: vamos conhecer as etapas? 

Hidratação – repõe a água que o cabelo perdeu e traz maciez.

Nutrição – repõe os lipídios, deixa um aspecto saudável e retém a água da hidratação.

Reconstrução – deixa os fios encorpados e fortes.

Agora que já conhece o que cada uma faz, você precisa definir o que se adapta ao seu cabelo. Ele está fraco? Aumente a quantidade de reconstruções. Não está macio? Hidrate. Está sem maleabilidade? Nutrição nele!

De quanto em quanto tempo? 

Aí entra a questão da disciplina. O que eu fazia (preciso voltar a fazer, inclusive): Reconstrução no sábado, não lavava o cabelo no domingo e, se desse, aguentava até terça, quando fazia a hidratação. Aí tentava aguentar mais dois dias até a quinta-feira, quando era dia de nutrir e, no sábado, reiniciava o ciclo. Em algumas semanas você sente a diferença e vira um vício, derrotado apenas pela preguiça.

Como saber quais produtos utilizar em cada etapa? Busque máscaras à base de:

Hidratação – Aloe Vera, Pantenol…

Nutrição – Ceramidas, manteiga de karité, abacate, argan…

Reconstrução – Queratina, colágeno, cisteína…

E pra finalizar, minhas recomendações! Sem jabá mais uma vez, mas aceitando tudo o que vier de brinde. :D

Hidratação – Head & Shoulders é minha favorita e tem um custo benefício maravilhoso. Não custa mais de R$ 10 aqui em Salvador. Aproveite e compre o condicionador também! Ah! Se quiser potencializar o efeito, acrescente uma medida da tampa de Bepantol líquido. Outra máscara tudibom é a  Oil Miracle da Schwarzkopf. Ela custa cerca de R$ 104, mas é bem consistente, rende bastante e opera milagres! Dá pra encontrar por preços menores quando entra em promoção nas lojas Beleza na Web e Cabeleza.

Imagem

Nutrição – Manteiga de Karité da Bioextratus. Custa cerca de R$ 25 e é muito potente. É minha preferida, mas também pode ser a de abacate da linha Raízes, da Ecologie. Se não tiver na sua cidade, pode comprar a Elséve de tampa laranja – Arginina.

Imagem

Reconstrução – Minha fase mais amada! :)

Recomendo a linha de reconstrução da Vizcaya + o creme de pentear (custo médio do kit – R$ 65); a dobradinha feita com a queratina líquida da Novex (cerca de R$ 10) + a máscara Anti-Age da Amend (cerca de R$ 30); E a reconstrução mais premiada do mundo (não por mim, mas por órgãos competentes), Joico K-Pak. Ela é mais cara, mas também dá pra encontrar em promoção nos sites citados acima.

Imagem

Espero que ajude e que estejamos todas com as cabeleiras lindas em março! :)

Anúncios

5 respostas em “Queda de cabelo após tireoidectomia

  1. Uau Savana, vou fazer. Meu cabelo ta um caos…rs Caindo muito e esse post foi muito esclarecedor. Vc viu meu post da alicacao de nitrogenio?
    bjs

  2. Olá Savana, tudo bem?
    Eu vou fazer a iodoterapia, gostaria de saber se posso usar tonalizante no cabelo?
    Sei que não posso usar tintura.
    Bjs.

  3. Descobri a pouco o diagnóstico de câncer na tireóide. Vou dar início ao tratamento.Tenho muitos fios brancos, sendo que retoco a raiz a cada mês. De agora em diante não sei o que fazer. Será que nunca mais vou poder usar química no meu cabelo?

    • Tudo bem, Rosangela? :) Olha, acredito que você vai poder continuar utilizando química, sim. A questão é que seus fios podem ficar enfraquecidos caso você tenha que ficar sem tomar os hormônios para fazer uma etapa muito importante do tratamento, que é a pesquisa de corpo inteiro. Eu lembro que me recomendaram não utilizar tintura no cabelo e esmalte quando estava fazendo a tal dieta sem iodo, então isso também pode influenciar. De qualquer forma, converse com seu médico quando chegar a hora. No momento, é melhor focar em ir para a cirurgia com muito otimismo e energia positiva, sem se preocupar com nada mais além do seu bem-estar. :D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s