Tirando dúvidas com Dr. Augusto Mendes

Imagem

Imagine a cena: você está vivendo a sua vida numa boa, planejando filhos, viagem ou mudança de cidade e aí… PUM! Cai a bomba de Hiroshima e você tem câncer de tireoide (ou qualquer outro câncer que seja). É paralisante em todos os sentidos da palavra. Paralisam-se os planos, você, a família, os amigos mais próximos. Fica todo mundo em suspensão, sem saber o que vai acontecer dali pra frente e, claro,  milhares de dúvidas surgem na cabeça com o passar dos dias.

Para responder as muitas questões que brotam de todos os lados neste período, convidei o cirurgião de cabeça e pescoço, Dr. Augusto Mendes.  Na época da minha descoberta, ele foi indicado por duas pessoas e resolvemos confiar nos depoimentos das pessoas que já conheciam o bom trabalho dele. Foi uma decisão super acertada, diga-se de passagem. :)

Dividi a entrevista em duas categorias. Na primeira, perguntas que fiz com base em pesquisa sobre o assunto. Em seguida, questões levantadas por leitores do blog que chegaram até aqui através de buscas no Google. Vamos lá?

O carcinoma papilífero figura na lista dos tumores menos agressivos. Caso não seja tratado no início, ele pode evoluir para um dos outros três tipos (folicular, medular ou anaplásico) ou continua evoluindo e crescendo, sem mudar de classificação? 

Dr. Augusto Mendes – Os carcinomas de tireoide podem ser divididos em 3 grupos: os bem diferenciados ou de baixo grau de malignidade (papilifero e folicular), os moderadamente diferenciados ou de grau intermediário de malignidade (medular), e os indiferenciados ou anaplásicos, de alto grau de malignidade.

Os bem diferenciados são derivados das células foliculares, e os medulares são provenientes das células parafoliculares. Portanto os carcinomas papiliferos não podem se transformar em carcinomas medulares, pelas linhagens celulares diversas que apresentam. No entanto, os carcinomas papilíferos ou foliculares, se não tratados e negligenciados, poderão em uma fase mais avançada se transformar em um tumor anaplásico.

Os motivos que levam o câncer de tireoide a ser mais recorrente em mulheres já são conhecidos? 

AM – As tireoidopatias benignas e também as malignas são mais incidentes em mulheres. Acredita-se que tal fato de deva ao fator hormonal ligado ao gênero.

Quais cuidados o paciente deve ter imediatamente após a tireoidectomia?

AM – Após a tireoidectomia devemos tomar alguns cuidados gerais. Evitamos molhar a cicatriz cirúrgica nos primeiros dias do pós operatório. A exposição solar deve ser evitada diretamente sobre a cicatriz por um período de 90 dias aproximadamente. Atentar para o histórico de cicatriz hipertrófica ou de quelóides, que poderão precisar de cuidados especiais como uso de corticóides ou até de betaterapia, que é uma radioterapia aplicada sobre a cicatriz, de preferência nas 24h que se seguem à cirurgia.

Depois de uma tireoidectomia, qual o prazo para voltar a fazer atividades físicas? 

AM – A volta às atividades físicas dependerá muito da programação terapêutica a que o paciente será submetido. Pela cirurgia em si, o prazo de 15 a 30 dias é o suficiente para este início. Porém, caso haja necessidade de radioiodoterapia, o paciente terá que entrar em um estado de hipotireoidismo, o que acarretará um atraso maior para esta retomada.

Existe uma posição mais indicada na hora de dormir? 

AM – Esta é uma dúvida frequente dos pacientes tireoidectomizados. Recomendamos que não se faça esforços nem movimentos bruscos na região cervical nos primeiros dias, portanto, a posição neutra do pescoço parece ser a ideal neste período, ou seja, decúbito dorsal (barriga para cima).

 Dúvidas dos leitores

Imagem

Sentir tontura após a tireoidectomia é normal? 

AM – As principais intercorrências após as tireoidectomias são relativamente raras, principalmente nas mãos de cirurgiões experientes e com vivência na área de Cirurgia de Cabeça e Pescoço. A disfonia (rouquidão) pode ocorrer em cerca de 3% dos casos, e a hipocalcemia definitiva (queda permanente dos níveis de cálcio no sangue) em até 6% dos pacientes.

Tontura é um sintoma geral que pode ocorrer no pós operatório, traduzindo mais frequentemente uma hipotensão postural (queda da pressão sanguínea).

Qual o tratamento para o carcinoma papilífero? 

AM – O tratamento padrão do carcinoma papilifero da tireoide continua sendo a cirurgia seguida ou não de radioiodoterapia (a depender da classificação de risco para recidiva). A cirurgia preconizada é a tireoidectomia total, acompanhada ou não de linfadenectomia (esvaziamento) cervical. Se houver suspeita de linfonodos (gânglios) acometidos, deverá ser realizada a sua remoção. Algumas tecnologias relativamente recentes tem agregado segurança às tireoidectomias, como o bisturi harmônico e o monitor de nervo laríngeo.

Todo paciente com carcinoma papilífero tem que fazer iodoterapia? Em quais casos a iodoterapia não é recomendada?

AM – A radioiodoterapia deverá ser indicada naqueles pacientes estratificados como de alto risco para a  recidiva (volta) da doença. Alguns fatores de impacto negativo nesta classificação são idade acima de 45 anos, presença de metástases, invasão de vasos e de estruturas além da glândula tireóide, pelo tumor, ou ressecção incompleta da doença através da cirurgia.

Todo mundo que faz tireoidectomia tem depressão depois? 

AM – A depressão quando ocorre, geralmente pode ser imputada ao hipotireoidismo prolongado que poderá ser necessário para o preparo para o radioiodo. Este hipotireoidismo poderá ser evitado com o uso de TSH recombinante, que é um método “artificial” de aumentar o TSH, e então permitir o tratamento pós operatório.

Espero que possa ajudar e que tenham gostado! Mil obrigadas pela participação, Dr. Augusto! :)

Onde Dr. Augusto Fernandes Mendes atende:

Clínica MM
Centro Médico Empresarial – Av. Anita Garibaldi, nº 1815 – Sl 209 – Bloco B
Ondina – Salvador – BA
71 3247-3436

Se você está em Salvador e ainda não tem cirurgião, não pense nem um segundo a mais. Indico de olhos fechados! :)

Anúncios

5 respostas em “Tirando dúvidas com Dr. Augusto Mendes

  1. Muito esclarecedoras essas informações. Dr. Augusto é um excelente cirurgião e passa muita confiança e tranquilidade aos seus pacientes!

  2. Para mim é um excelente médico,
    cuidadoso, amigo e muito competente. Um anjo disfarçado de médico! Agradeço a Deus por ter colocado ele em nossas vidas. Monica Leal

  3. maria neuma de oliveira
    excelente médico e toda sua equipe.
    muito atencioso, cuidadoso. fiz cirurgia no hospital santa izabel e só tenho a agradecer. desde o primeiro intante sentir confiança em dr.Augusto. e depois na cirurgia com a anestesista e seu assistente Dr. Victor Holanda Bezerra, muito bom também me deu toda asssistencia no período de internamento. recomendo Dr. Augusto Mendes.

  4. excelente medico,atencioso ,competente ,fiquei muito feliz em ter feito cirurgia com ele .recomendo dr AUGUSTO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s