Radioativa? Eu?!

Chuva-nuclear
Mais uma vez vou adiar as postagens sobre a dieta sem iodo. Motivo? Ela será retomada em breve, então vamos deixar esse assunto mais pra frente. ;)

Após a cirurgia, fui encaminhada para a consulta com um médico nuclear. “Médico nuclear? O que é isso?”.

A Medicina Nuclear é uma especialidade médica que emprega materiais radioativos com finalidade diagnóstica e terapêutica. […] Embora empregue elementos radioativos, os exames utilizados em Medicina Nuclear são muito seguros. Na prática, o objetivo é sempre usar a menor quantidade de radiação possível. Os aparelhos são calibrados para obter imagens de qualidade e injetam-se radiofármacos em quantidades controladas, sob supervisão do médico especialista na área. 

Fonte: Fleury – Medicina e Saúde

A medicina nuclear é bastante eficiente e “conversa” com as mais diversas áreas, desde a endocrinologia, passando pela oncologia, cardiologia, pneumologia e por aí vai. Aqui em Salvador, fui atendida pela Dra. Fernanda Fahel na clínica Gamma, que fica no Hospital da Bahia.

Pra começo de conversa, foram solicitados exames de sangue e uma cintilografia da região cervical. Sabem o que isso significa? A tão falada dieta sem iodo.

Após duas semanas de privações e um mau humor daqueles, eis que chega o dia de fazer a primeira parte do exame. Consiste em ingerir, após jejum de duas horas, uma pequena dose de iodo radioativo (conhecido como I-131) e aguardar mais duas horas para fazer a captação (traduzindo: dar uma olhada pra ver se existem resquícios consideráveis de tecidos tireoidianos. Se sim, iodoterapia neles. Se não, um beijo e vá para o endocrinologista).

Se você pensa que iodo é água. Iodo não é água, não, mas bem que passaria despercebido, pois não tem gosto, cor e nem cheiro. A minha dose, que está nesse copinho da foto abaixo, foi de 80 uCi (aprendi que se diz Microcurie). Foi uma dosagem baixinha, utilizada só pra fazer o exame. De qualquer forma, as recomendações são as mesmas de quem faz a terapia com iodo em doses maiores: evitar contato com gestantes e crianças

iodo01

[Pausa para uma informação extremamente técnica que só deve interessar a quem está passando pela mesma etapa] No grupo Amigas da Tireóide pude observar que a dose de início da iodoterapia é de 100 mCi (ou Millicurie). Ah! E aprendi que 1 mCi equivale a 1000 uCi. [Fim]

Depois de tomar o iodo radioativo, me senti igual. Cadê os superpoderes? A habilidade de ficar invisível? A pele ficando verde e brilhante? Bom, então já que não dava pra me divertir, o jeito era esperar as tais duas horas numa ala reservada.

 gif-animado-gato-lixando-a-unha

Parte boa: estava passando MariMar.

marimar-horz

Sala e banheiro dos pacientes injetados

Dorgas, manolo!

Dorgas, manolo!

Após o período necessário, fui fazer a captação. Lembram da foto do iodo no copinho? Então… essa etapa nada mais é do ficar com aquele aparelho apontado para a região do pescoço por cerca de 3 ou 5 minutos.

No dia seguinte, voltei à Gamma e fiz a captação das 24h, seguida de uma dose de Tecnécio-99. Ela chega em uma seringa, dentro de um recipiente de chumbo.

 tec-vert

Ele foi injetado na veia e eu pensei “É agora! Vou virar o Capitão América!”, mas nada aconteceu de novo e eu fui esperar na salinha dos injetados mais uma vez. #fail

Depois de 30 minutos, hora de fazer mais captações, desta vez nesse aparelhão aqui:

aparelho

Deitei e tive que passar 20 minutos sem poder me mexer, ou seja: hora de sentir todas as coceiras do ano. No nariz, nos olhos, no pescoço, nas costas. Pura pirraça do corpo, claro.

Fim dos exames – hora de ir embora e COMEEEEEEEER! Sim! Eu estava livre da dieta! O que fiz? Já saí deixando as instruções com meu irmão. “Se der 16h30 e eu não ligar, pode encomendar uma pizza de atum com catupiry”. E aí, chegando em casa, o sentimento foi esse:

"você já viu algo tão maravilhoso em toda a sua vida?"

“você já viu algo tão maravilhoso em toda a sua vida?”

Na semana seguinte, voltei à clínica para pegar os resultados e para saber qual seria o próximo passo. Eis o laudo:

laudoo

Como restou um pouquinho de tecido e cruzando esse resultado com meus índices de TSH e tireoglobulina – que eu ainda não tenho capacidade de interpretar muito bem, uma das saídas oferecidas foi uma dose terapêutica de I-131 para “queimar” o que restou. Esse “resíduo” da cirurgia é normal, uma vez que nem sempre dá pra tirar 100% da tireoide sem comprometer outras estruturas, sendo assim, é mais seguro “limpar” até onde der e eliminar o que sobrar com a iodoterapia. Ai, como eu tô didática! :D

Enfim… sabem o que isso significa, né? Dieta de novo, aí vou eu!

Receitas, passo-a-passo e dicas para combater a larica nesse período? Vocês verão por aqui. ;)

Anúncios

5 respostas em “Radioativa? Eu?!

  1. Oi, Savana! Vi que você não usou o Thyrogen, ou tsh recombinante. Foi uma opção sua, da médica ou em só é aplicável em alguns casos? Vou precisar fazer o mesmo exame e gostaria de saber.
    Como está a sua recuperação? A cicatriz está ótima! A minha tem 30 dias e ainda estou parecendo o próprio Frankstein!! Ah, adorei as dicas de dietas e sobre onde encontrar o sal em Salvador! Beijos!

    • Oi! Desculpa pela demora em lhe responder, Maria! Não tinha visto seu comentário… =X
      Então, acabei usando Thyrogen, sim. Me recomendaram procurar uma segunda opinião e assim o fiz. O segundo médico solicitou thyrogen para a PCI, mas não sei qual critério ele usou pra fazer esse pedido.

      Minha recuperação vai bem, tirando os hormônios desajustados. Comecei com T3 manipulado e não senti muita melhora nos sintomas de hipotireoidismo. O frio passou e o inchaço também, mas o cansaço não. Estou tomando Puran T4 de 150 há uma semana e ainda não senti diferença: continuo cansada e sem muita disposição para fazer as coisas do dia a dia. Essa é a parte mais chata, mas espero que melhore.

      E a cicatriz deu uma piorada… acredite se quiser! Andei fazendo uns testes com cicatricure e com mepiform (uma fita de silicone mais fina que a medgel) e eu senti que a cicatriz ficou mais grossa, mais inchada e mais vermelha, então descontinuei o uso e tô torcendo pra que pelo menos volte a ser o que era. E você, como está?

  2. Boa tarde!!! Voce é muito informada e divertida!!! As vezes dou gargalhadas das coisas q voce postou…seu senso de humor é contagiante, fiz a retirada total da tireoide por conta de bocio multinodular, na biopsia acharam um microcarcinoma papilifero…visto nao é mais classificado como cancer, escapei do iodo..
    É bom saber que nao estamos sozinhas …obrigado por compartilhar suas experiencias!!!!

      • Ola Savana! Esta tudo bem…graças ao Criador dos céus e da terra!!! 14 dias de cirurgia, 10 dias de hormonio…ainda sinto muito frio, meu intestino decidiu ser ” natureba”…so funciona com alimentos integrais, meu cabelo ta caindo….” ja peguei umas dicas no seu blog e tambem compartilhei c as amigas da tireoide..kkk….Acho que esta tudo seguindo seu curso normal né? Obrigado por responder e feliz de ver voce bem! Vimos o seu blog sobre Dublin, minha filha te achou linda!!! Abraços !!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s